A On Time surgiu no mercado angolano em Dezembro de 2012. Sem qualquer planeamento estratégico e ou financeiro, apenas dando respostas as necessidades de alguns “amigos” que tinham a necessidade de comunicar as suas empresas no mercado angolano. Com sede em Luanda e representações em dois mercados estratégicos.

Para quem não conhece-te , podes falar um pouco sobre a Carolina e a On Time?

Carolina Barros, Directora Geral e Fundadora da On Time. Formada em Marketing, especializada na Gestão de Marcas com uma passagem de largos anos pelo jornalismo em Angola. De 2010 a 2012 trabalhei para três grandes agências de Marketing Angolanas, sendo que, em 2012, por influência de um amigo comecei a ajudar / atender algumas necessidades do ramo da comunicação e, posteriormente surgiu a necessidade e ou obrigatoriedade de ter uma empresa registada.

Constitui a empresa com 4000 USD.

Que problema estás a resolver na África, no seu país ou na sua comunidade?

África, nenhum ainda. Em Angola dar voz a pequenos e grandes empresários e pessoas singulares quanto a importância de comunicarem. Fazer dos Empreendedores as estrelas. Alias, eles são estrelas que o mundo precisa conhecer se não existissem profissionais como nós e canais como o startup África, muitas Start Ups não seriam conhecidas. Essa é a nossa missão On Time.

Achas que este é o momento certo para a tua startup resolver o problema?

É sim. Vivemos na fase do boom. O momento dos jovens o momento da resiliência, mas, como é que as pessoas vão tomar conhecimento de que a A, B e ou C são indivíduos resilientes, com ideias e projectos brilhantes se não forem comunicados (não se trata de publicidade). Um plano de comunicação com cabeça, tronco e membro e gerador de resultados efectivos? Como???!!!

A tua solução adequa-se ao mercado?

Olhando concretamente para o mercado angolano sim e para o Africano também responderia que sim.

Conte-nos mais sobre a tua equipe, por que vocês são os melhores para resolver este problema?

Não somos os melhores mas, com alguma destreza e estratégias conseguimos dar respostas aos nossos parceiros de efectiva.

O que a torna diferente no mercado?

A estratégia que implementámos, a referência que representamos para alguns dos nossos parceiros e acima de tudo o tipo de parceiros que a On Time hoje têm. Pensamos e agimos fora da caixa. “Always On Time”.

Através de que indicadores consegues medir o sucesso da tua startup?

Nunca respondo a essa questão. LOL

Quão inovadora é a tua startup/negócio? (inovação tecnológica / social)

Depois da On Time surgiram mais jovens apostar na prestação de serviço de comunicação e muito bem, pois Angola é um país vasto e as pessoas aprenderam a “ganhar dinheiro” com a prestação de serviço de comunicação. Posso considerar isso a INOVAÇÃO. Outro elemento é o facto da nossa parceria com algumas instituições do ensino superior onde transmitimos aos alunos que: ASSESSORIA DE IMPRENSA é também uma saída. 

Qual é o impacto social que tens criado?

Hoje as pessoas já perceberam a importância da comunicação na estratégia de negócio. A Comunicação tem a mesma relevância que o Business Plan. Onde o empreendedor não chega a comunicação o leva e faz o “barulho” necessário para que ele seja ouvido.

Como pensas em escalar a startup/negócio?

De duas formas: Onde existe oportunidade de negócio e onde estão os nossos clientes, tudo isso através de parceiros locais que conheçam o mercado local.

Qual é o/a empreendedor/a em África que inspira-te?

Sibeth Ndiaye e Vera Daves.

Que conselho você deixa para empreendedores em desenvolvimento e novas starups?

Acredite sempre na sua ideia e que falhar é parte integrante do crescimento. Não há vitória sem dor, é preciso falhar para acertar. Cair para levantar e saber pedir ajuda.

Para mais informações :    www.ontime.co.ao                                        contatos@ontime.co/mz

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here